Administração condominial foi tema de Webinar

Administração condominial foi tema de Webinar

Na tarde desta quinta-feira (16/07), o Conselho Regional de Administração de Minas Gerais transmitiu o Webinar: “Desafios da Administração de Condomínios” (clique aqui e assista). O evento foi comandado pela Profª. Adm. Rosely Schwartz (Coordenadora e Docente do Curso de Administração de Condomínios e Síndico Profissional) e contou com a participação do Adm. Jehu Pinto de Aguilar Filho (Presidente do CRA-MG) e da Profª. Adm. Andreza Barbosa (Diretora de Fiscalização e Registro do CRA-MG).

Hoje, a tarefa de síndico já não é tão simples quanto há décadas. Com a popularização dos condomínios, que oferecem facilidades e qualidades que se equiparam aos clubes de lazer, a administração condominial se compara à gestão de uma empresa ou negócio, tornando necessário o conhecimento de questões judiciais, contábeis e administrativas, sem falar do desenvolvimento de aspectos sociais e pessoais, como a empatia, paciência e tolerância. Por isso, mais do que nunca é necessário que haja uma colaboração entre síndico e empresa gestora de condomínios.

A Profª. Adm. Rosely Schwartz iniciou afirmando que o cenário atual da administração de condomínios é promissor, porém alertou para os cuidados que devem ser tomados e sinalizou que é necessário compromisso entre as pessoas que trabalham neste ramo. “Há muito o que se fazer para melhorar. A soma dos nossos esforços, o trabalho de cultura e mentalidade de gestão condominial, a ética, a transparência e a diminuição da corrupção são possíveis soluções para esta melhora”, salientou.

Seguindo com a explanação, a professora comentou sobre a Lei Anticorrupção (nº 12.846/2013), que garante responsabilidade administrativa por parte das empresas que gerenciam os condomínios, prevê multas, acordos de leniência e programas de integridade (compliance). “A lei ajudou bastante, reduzindo a corrupção que existia nas empresas e aumentando a transparência, pois as empresas tiveram que tirar da gaveta os programas de compliance necessários e colocá-los em prática”, explicou.

“Fazer gestão de condomínios não é imprimir boletos ou fazer demonstrativos financeiros. É muito mais!”. Rosely usou esta frase para ressaltar a importância da gestão do patrimônio imobiliário, que envolve o Gerenciamento Ativo, Gerenciamento de Propriedade e Gerenciamento de Facilidades. Essas etapas constituem campos de trabalho para os Profissionais da Administração que, segundo a professora, são áreas dinâmicas e novas para as quais os Administradores devem estar atentos, pois possibilitam crescimento no ramo.

Motivos para ser uma administradora de condomínios

Em sua apresentação, Rosely Schwartz apresentou alguns motivos para entrar no ramo da administração condominial. Veja alguns:

  • Contribuir para que a gestão condominial seja eficiente;
  • Proporcionar maior segurança aos condôminos;
  • Mercado com oportunidade de crescimento;
  • Adorar desafios;
  • Gostar de contato pessoal;
  • Oportunidade de ganhos financeiros;

Por fim, a professora ressaltou que é preciso ter direção para uma boa administração, com ideias novas, trazendo harmonia para dentro do condomínio, sabendo utilizar as ferramentas digitais (redes sociais e apps) e se preocupar sempre com a estrutura das residências.