You are currently viewing Grupo atuará na retomada da economia em Minas Gerais

Grupo atuará na retomada da economia em Minas Gerais

Convidado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais – Diretoria de Projetos de Desenvolvimento Local, o CRA-MG – Conselho Regional de Administração de Minas Gerais se tornou membro do NGAPL – Núcleo Gestor dos Arranjos Produtivos Locais. O Núcleo surge a partir da proposta de um novo modelo para as políticas e ações nos Arranjos Produtivos Locais, reformulando o Decreto relativo a estes, a fim de potencializar as oportunidades para o crescimento econômico de Minas Gerais, principalmente no momento de retomada da economia após a pandemia de Covid-19.

A intenção é estimular o desenvolvimento regional com efetividade, de acordo com as necessidades específicas de cada um dos 49 APL formalmente reconhecidos no estado. O Núcleo promoverá a integração entre os órgãos e entidades estaduais, fundamental para o sucesso de um ambiente de cooperação no estado, com o propósito de aumentar a prosperidade da sociedade e desenvolvimento dos APL.

Único conselho profissional convidado a participar do Núcleo Gestor dos Arranjos Produtivos Locais, o CRA-MG acredita que sua participação vai ao encontro da missão institucional do Sistema CFA/CRAs que é a difusão da ciência e práticas da administração, além de poder mostrar a importância do profissional de Administração no momento pós-pandemia.

Foram nomeados para representar o Conselho, a chefe de gabinete, Adm. Ana Rita Vieira Flores, o assessor jurídico, Adv. Abel Chaves Júnior, e a assessora de Auditoria e Compliance, Adm. Eliane de Sousa Carvalho.

O que são Arranjos Produtivos Locais – APL: Considera-se Arranjo Produtivo Local – APL as aglomerações de empresas e empreendimentos, localizados em um mesmo território, que apresentam especialização produtiva, algum tipo de governança e mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais, tais como: governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa.

Fonte: GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO