Professor explica origens e analisa o futuro da Governança

Professor explica origens e analisa o futuro da Governança

Na manhã desta quarta-feira (05) o Professor Paulo Porto, ministrou a sua palestra sobre práticas de governança. De maneira direta, o professor iniciou a conversa apresentando quais nichos seriam abordados, separados em três grupos: Governança pública, os três mecanismos para uma boa governança e quais práticas são as mais indicadas. 

No primeiro item, Porto explicou as origens da governança e qual seu conceito: “A origem está associada ao momento em que organizações deixaram de ser geridas diretamente por seus proprietários e passaram a ser administradas por terceiros”. 

Depois de citar alguns conceitos básicos, envolveu os espectadores em um assunto mais profundo. “Para atender as demandas sociais é fundamental fortalecer os mecanismos de governança e reduzir o distanciamento entre administração pública e sociedade.” citou. Um dos principais exemplos utilizados pelo professor foi a situação que ocorreu no Brasil em 2013, quando surgiram manifestações contra o aumento do serviço público: “o povo clamava por mais saúde, educação, segurança, transporte de qualidade e reforma política”.  

 Em seguida, o palestrante tratou dos três mecanismos e suas funções a partir de três perguntas: “Para onde a organização deseja ir e como planeja chegar lá?”, Como a estrutura de governança da organização apoia sua capacidade de gerar valor?” e “Quais os principais resultados alcançados pela organização?”. 

Continuando de maneira firme e mais descontraída, Porto deu exemplos práticos do que chamou de “mandala que se divide em ações”, na qual nenhum item consegue existir sem o outro. “O controle, a segurança e a estratégia são os três pilares fundamentais da governança, é com eles que conseguimos entregar os resultados para a sociedade” completou. 

Antes de finalizar, o professor abriu espaço em sua fala para conversar sobre o código de conduta para os conselheiros, colaboradores e funcionários dos Conselhos Federal e Regional de Contabilidade: “Nós trabalhamos em cima de três pilares que são a Missão  pela qual defendemos a sociedade por meio da fiscalização do exercício profissional, a Visão que é ser referência como conselho profissional e dinâmico e os Valores que, além de tudo, buscam sempre pela integridade, positivismo, qualidade, responsabilidade e transparência”.